sábado, 6 de fevereiro de 2010

A princípio parece difícil entender a produção do espaço.
Comece pela sua realidade. O seu entorno. Sua casa, o seu bairro.
Observe como é o relevo. Imagine como ele era e as modificações que sofreu com a ocupação das pessoas.
Perceba que esse espaço humanizado tem uma dinâmica, e que em seu bairro ou em sua casa sempre tem alguém com mais influencia no espaço que se produz.
Agora é só imaginar como era esse espaço quando natural, como poderia ter sido e o que fazer para chegar nesse ideal.
Com esse entendimento, você pode pensar formas de melhorar ou modificar o espaço em que vive.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Este blog fala de Geografia.
A minha Geografia não é acadêmica.
Porém a minha Geografia é acadêmica, por que é dialética.
Busca pensar o espaço de forma dialética.
É Geografia Crítica, pois busca entender o espaço como produção coletiva, social.
Procura entender o processo de produção do espaço, fornecendo armas para o cidadão comum compreender, interferir e modificar o espaço em que vive.
Ser cidadão, no mais amplo sentido social, não é apenas conhecer seus direitos e deveres, mas também compreender, questionar e influenciar o processo de produção do espaço em que habita.
Buscarei assim, sempre tratar de temas relevantes que auxiliem o entendimento do espaço produzido.